Monitor Remoto de Sinais Vitais

DESCRIÇÃO

Helios é uma solução mais econômica e avançada para a monitorização de pacientes de risco, realizando o acompanhamento permanente, ao mesmo tempo em que permite liberdade de locomoção.

COMPONENTES

O Sistema Helios é composto por:

  • Monitores Helios (conectados ao paciente), também com função de repetidores de sinal
  • Uma central de monitorização (software para PC + unidade receptora de sinais)
  • Repetidores de sinal (item opcional)
  • Dispositivo de mão Helios Viewer (para visualização portátil de pacientes)

Criando assim, uma rede de monitorização na qual um único operador é capaz de monitorar diversos pacientes que estiverem ao alcance do receptor sem fio.

DESTAQUES

Móvel, compacto e leve

O monitor Helios é compacto e resistente o suficiente para que seja fixado ao próprio corpo do paciente, permitindo que ele se desloque e seja monitorado mesmo fora das áreas de tratamento intensivo.

O dispositivo pode ser fixado no leito ou mantido junto ao paciente por meio do cordão lavável que acompanha o monitor Helios.

Monitorização permanente sem fio

Cada monitor Helios transmite, sem fio, o estado dos sinais vitais a uma central, onde todos os pacientes podem ser monitorados em conjunto. A tecnologia da Rede Helios permite, ainda, que cada unidade não só transmita mas também funcione como um repetidor das demais, ampliando o alcance do sinal. Adicionalmente, um pequeno repetidor de sinais pode ser conectado em tomadas externas e/ou internas ampliando a cobertura da rede até o limite definido pelas necessidades do hospital ou clínica.

O Helios Viewer é um inovador dispositivo de mão (incluso), com tela sensível ao toque, que oferece uma alternativa portátil e sem fio para a visualização dos parâmetros, alarmes e chamadas de emergência de todos os pacientes conectados à rede.

Completo e fácil de usar

O Helios realiza a leitura permanente de ECG, segmento ST, frequência cardíaca e oximetria; alarma de acordo com parâmetros configuráveis ou eventos que podem levar à parada cardíaca e conta com um botão de emergência acionável pelo próprio usuário. Em todos os casos o paciente é identificado na central e no próprio equipamento por meio de sinal sonoro e luminoso.

As baterias do Monitor Helios são de Lithium-ion (Li-ion) de alta performance, recarregáveis em qualquer nível de carga e removíveis.

Cada unidade Helios é acompanhada por duas baterias recarregáveis, que podem ser carregadas em separado no carregador de mesa que acompanha o equipamento. Isso permite que você alterne as baterias mantendo o Helios em funcionamento permanentemente.

CASOS TÍPICOS DE APLICAÇÃO DO SISTEMA HELIOS

A Monitorização permanente dos parâmetros básicos de pacientes em risco, mesmo após deixarem a área de tratamento intensivo, é a melhor maneira de assegurar que um quadro agudo e repentino não se torne fatal.

O Sistema Helios é a maneira ideal e acessível para permitir que todos estes pacientes tenham o acompanhamento necessário à sua completa recuperação, sem investimentos em equipamentos muito caros, normalmente disponíveis apenas nos setores de emergência.

Caso Um

Caso Dois

Caso Três

PACIENTES EM FASE DE RECUPERAÇÃO ENTRE A ALTA DA UTI (UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO) E A ALTA HOSPITALAR.

São casos em que o paciente se encontra em quarto ou enfermaria, nem sempre imobilizado e ligado ao monitor. Embora nestes casos o risco de parada cardíaca, parada respiratória ou infarto seja menor, ele existe e pode ser fatal, sendo a detecção rápida do quadro essencial para preservação da vida.

PACIENTES CORONARIANOS (HISTÓRICO DE PROBLEMAS CARDÍACOS), OS QUAIS DEVEM ESTAR SOB MONITORIZAÇÃO PERMANENTE, INCLUSIVE NO TRANSPORTE DENTRO DO HOSPITAL.

Nestes casos o Helios é utilizado para monitorização permanente em busca de eventos de Fibrilação Ventricular, Taquicardia Ventricular ou desnível acentuado de ST, que indiquem

possível parada cardíaca ou infarto. Em qualquer um desses casos o sistema acionará o alarme preventivo para atendimento de emergência.

QUANDO A INSTITUIÇÃO DE SAÚDE NÃO TEM RECURSOS PARA TORNAR DISPONÍVEIS MONITORES MULTIPARAMÉTRICOS PARA TODOS OS PACIENTES.

Em diversas regiões do mundo, monitores multiparamétricos tradicionais são equipamentos caros demais para serem disponibilizados para todos os pacientes em risco. O Sistema Helios desempenha a mesma função, em relação aos parâmetros essenciais, por uma fração do investimento que seria necessário para equipar todos os leitos adicionando, ainda, a vantagem da mobilidade.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

HELIOS:

  • Dimensões:
  • 13 cm (largura).
  • 12 cm (profundidade).
  • 0,42 cm (altura).
  • Peso:
  • Aparelho: 310 g.

 

  • Bateria:
  • Tipo: Li-ion 3,7V – 5,2Ah – 19,3Wh.
  • Duração: 24 horas (carga plena).
  • Tempo de carga: 8 horas (completamente descarregada).

 

  • Rede sem fio:
  • Alcance sem retransmissão (aparelho isolado):  50 m.
  • Parâmetros monitorados:
  • ECG.
  • Oximetria.

 

SOFTWARE CENTRAL HELIOS:

  • Configuração mínima de instalação:
  • Porta USB 2.0 para conexão do receptor sem fio.
  • Sistema operacional Windows 7 - CPU core I5 64 bits.

 

  • 4 GB de espaço livre em disco.
  • 4 GB de RAM.
  • Unidade leitora de CD ou DVD ROM.

 

NORMAS:

  • NBR IEC 60601-1
  • NBR IEC 60601-1-2
  • NBR IEC 60601-1-4
  • NBR IEC 60601-1-6
  • NBR IEC 60601-1-8
  • NBR IEC 60601-2-27
  • NBR IEC 60601-2-49

ou IEC’s equivalentes

 

Itens inclusos:

04 Monitores Remotos de Sinais Vitais Helios com bateria recarregável; 04 conjuntos de eletrodos de ECG; 04 cabos/sensores de oximetria; 04 cordões para paciente; 04 baterias reservas; 04 acessórios de fixação para macas/leitos; 01 base de carga; 01 cabo de rede elétrica para a base de carga; 01 CD de instalação da aplicação para PC; 01 receptor remoto para conexão ao PC; 01 cabo USB.